Artigos

“Deveria ser crime dirigir alcoolizado”(Dr. Ronaldo Laranjeira)  Artigos sobre drogas e alcool - Site Antidrogas


Especialista no tratamento do alcoolismo defende que “o Congresso quando aprova uma Lei como a que proibe bebida para motoristas deveria apresentar os recursos disponíveis para ser executada a Lei”, argumenta o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, em entrevista à Jovem Pan.

O professor titular de psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo e coordenador da UNIAD- Unidade de Álcool e Drogas da Unifesp foi um dos maiores incentivadores da aprovação da Lei que proíbe bebida para quem for dirigir, em vigor, há dois anos no Brasil.

“É necessário destinar recursos para o treinamento dos policias e a sociedade tem que cobrar da polícia parâmetros objetivos”, afirma o especialista. “Todo carro de Polícia deveria estar equipado com bafômetro e todo carro de Polícia deveria ser responsável por fazer 100, 200 testes de bafômetro por dia. Deveria ser rotina em todas as vias. É só com este aumento de percepção de que pode ser pego é que se começa a mudar o comportamento. E também tornar crime dirigir alcoolizado para evitar as mortes que já representam 50% nos acidentes graves de trânsito em todo o país.”

Pesquisa da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego divulgada na quarta-feira revelou que “mortes no trânsito já superam homicídios em São Paulo”. 50% dessas mortes, alerta o dr. Ronaldo Laranjeira, “envolvem alguém alcoolizado, quer seja quem está dirigindo ou um transeunte alcoolizado. O motorista alcoolizado tende a ficar mais ousado, perde os reflexos, mesmo com baixas doses de bebida alcoólica e acaba valiando mal quando vai fazer conversão ou precisar brecar antes do farol vermelho.”
Fonte:UNIAD - Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas







Publicidade








Apoio



Mauricar
Dando mais saúde à vida de seu veículo



Copiadora Campos
Art & Design

Toldos Campos
Toldos - Paineis - Adesivos