Artigos

Cocana tem ao mais devastadora no crebro de adolescentes  Artigos sobre drogas e alcool - Site Antidrogas



Uso de cocana antes dos 18 anos provoca maiores prejuzos a funes do crebro como ateno e memria
Foto: Juniorbolivar/Wikimedia Commons

Jornal USP
Alteraes mais pronunciadas no desempenho cognitivo so encontradas em usurios precoces da substncia
Por Jlio Bernardes - Editorias: Cincias da Sade

Usurios de cocana de incio precoce, antes dos 18 anos, exibem alteraes neuropsicolgicas mais pronunciadas, com prejuzos nas funes do crebro. A constatao feita em pesquisa do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clnicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) que avaliou 103 dependentes da substncia. O estudo liderado pela neuropsicloga Bruna Mayara Lopes aponta ainda que os usurios precoces tem maior frequncia de consumo de outras substncias, como lcool e maconha, do que o grupo de incio tardio, aps os 18 anos.

A adolescncia um perodo crucial para o desenvolvimento neurolgico. Nessa fase da vida, o crebro est em transformao, e acontece a chamada poda neural, quando neurnios sem uso so eliminados para refinar o funcionamento de outras reas do crebro, como o crtex frontal, afirma Bruna. Essa rea muito importante para a realizao de funes executivas, tais como a memria do trabalho (capacidade de manter um nmero de informaes enquanto executa uma tarefa), o controle inibitrio e o planejamento. O uso de cocana na adolescncia pode levar a alteraes, comprometimento e perda de funes cerebrais importantes para o dia-a-dia.

A neuropsicloga aponta que poucos estudos tm investigado o impacto do uso precoce da cocana no desempenho cognitivo e nos padres de uso de substncias como lcool e maconha. A pesquisa envolveu 103 pacientes dependentes de cocana. Entre eles, havia 52 com incio precoce, ou seja, que comearam a usar a substncia antes dos 18 anos, em mdia por volta dos 15 anos. Outros 51 tiveram incio tardio no uso de cocana, aps os 18 anos, em mdia com 21 anos, relata. Alm disso, para comparar os resultados dos testes, foi avaliado um grupo controle com 63 pessoas saudveis.


Usurios precoces tambm tm maior frequncia de consumo de outras substncias, como lcool e maconha, do que o grupo de incio tardio, aps os 18 anos
Foto: Neo Tokio/Wikimedia Commons

Testes

O funcionamento neuropsicolgico foi avaliado por meio de uma bateria de testes com duas horas de durao. Os testes avaliaram a memria de trabalho, a ateno sustentada, ou seja a manuteno de foco durante a realizao de uma tarefa e a memria declarativa, que a capacidade de resgatar uma informao que foi recebida h 30 minutos, explica Bruna. O uso de lcool, maconha e tabaco foi avaliado por meio de questionrio que mede o ndice de gravidade de dependncia.

De acordo com a neuropsicloga, as anlises mostraram que o grupo de usurios precoces apresentou maior dficit cognitivo, com pior desempenho na ateno sustentada, na memria de trabalho e na memria declarativa em relao ao grupo controle. O grupo de incio tardio apresentou comprometimento na ateno dividida na comparao com as pessoas saudveis. Os usurios precoces tambm apresentaram maior uso de maconha e lcool do que os de incio tardio, acrescenta.

Usurios precoces apresentaram maior dficit cognitivo, com pior desempenho na ateno sustentada, na memria de trabalho e na memria declarativa.

Os dficits cognitivos mais proeminentes nos usurios precoces provavelmente refletem um impacto negativo do uso de cocana nos estgios do neurodesenvolvimento na adolescncia. Isto pode estar relacionado com caractersticas clnicas mais severas do transtorno de substncia neste subgrupo, incluindo abuso de outras substncias, como lcool e cocana. O crebro ainda pode se desenvolver at os 21 ou 22 anos, porm o uso precoce de cocana pode causar prejuzo a reas que esto em fase importante de formao, afirma Bruna.

O estudo completo, publicado na edio de outubro de 2017 da revista Addictive Behaviors, pode ser acessado no site da publicao. Alm de Bruna, o artigo assinado por Priscila Dib Gonalves, Mariella Ometto, Bernardo dos Santos, Mikael Cavallet, Tiffany Moukbel Chaim-Avancini, Maurcio Henriques Serpa, Srgio Nicastri, Andr Malbergier, Geraldo Busatto, Arthur Guerra de Andrade e Paulo Jannuzzi Cunha.
Mais informaes: (11) 2661-7801, com Julieta Magalhes, na Assessoria de Imprensa do IPq







Publicidade









Apoio



Mauricar
Dando mais sade vida de seu veculo



Copiadora Campos
Art & Design

Toldos Campos
Toldos - Paineis - Adesivos