Notícias

Prevenção contra drogas   Notícias sobre drogas e alcool - Site Antidrogas


"Seu amigo usa drogas e está perdendo aulas. Se você não fizer nada vai acabar perdendo o amigo". Nos próximos dias, as escolas da rede pública e particular do Paraná começam a receber cartazes com essa e outras mensagens de prevenção. A intenção é sensibilizar o público jovem para que crianças e adolescentes ajudem colegas que usam drogas. A iniciativa faz parte da campanha "Perdeu", lançada ontem pela Associação Comercial do Paraná (ACP), com o objetivo a conscientizar e orientar a população sobre as consequências do uso de drogas e como buscar ajuda.

A campanha tem três etapas. A primeira trata da sensibilização da sociedade para esta questão, a segunda se refere à prevenção ao uso da droga, com trabalhos educativos e campanhas publicitárias, e a terceira trabalha com a reinserção de ex-usuários no mercado de trabalho.

Dados do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) apontam que 1.640 funcionários foram afastados de suas funções em empresas privadas por problemas com drogas. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Gilberto Martins, que participou do lançamento do programa, a violência vinculada ao uso de drogas já é tratada como caso de saúde pública e seria a terceira maior causa de mortes, atrás apenas das doenças cardiovasculares e do câncer.

Segundo a assessoria da ACP, a intenção da campanha não é o enfrentamento do uso das drogas, e sim estruturar um trabalho de informação, que centraliza ações que já eram desenvolvidas anteriormente de forma isolada por outras entidades como ONGs, empresas, escolas, igrejas e outras instituições. Durante o lançamento da campanha estiveram presentes as secretarias estadual e municipal de Saúde, de Justiça, Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe) e secretaria municipal Antidrogas.

No próximo dia 24 de junho, está prevista a realização de um fórum para debater as ações do programa junto às escolas. Segundo o presidente do Sinepe, Ademar Batista, nesse evento serão definidas ações que serão executadas pelos educadores. Ele aponta como pontos principais a preparação dos professores para identificar o uso de drogas, trabalhar com a prevenção dentro da sala de aula e discutir o atual modelo de educação, que segundo o dirigente "favorece a drogadição", pois ocupa o jovem por apenas meio período.

O nome da campanha "Perdeu" tem a intenção de destacar o sentimento de perda que ocorre na vida de todo viciado em drogas. Perdas materiais, perda de vínculos familiares, de saúde, de emprego e das amizades. Além da divulgação em cartazes, está no ar um site (www.perdeu.org.br) com informações sobre os efeitos dos vários tipos de drogas. A partir do dia 1º de junho será disponibilizado um telefone para tirar dúvidas e pedir orientações.
Autor: Editoria Cidades
OBID Fonte: Folha de Londrina







Publicidade








Apoio

Copiadora Campos
Art & Design

Toldos Campos
Toldos - Paineis - Adesivos





Mauricar
Dando mais saúde à vida de seu veículo