Notícias

Ações de prevenção contam com apoio de cartilhas sobre álcool e violência infanto-juvenil  Notícias sobre drogas e alcool - Site Antidrogas

O Documento
Duas revistas da campanha do projeto de Bem Com a Vida, executado pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, vão ajudar nas ações de prevenção ao uso de álcool na adolescência e no esclarecimento dos direitos dos pais, educadores e crianças. O texto também aborda a violência infanto-juvenil, principalmente o abuso sexual.

Com o título “Curta a vida sem nenhuma dose de arrependimento”, a revista “Sem Álcool” conta com informações importantes sobre o teor alcoólico das principais bebidas, incluindo as destiladas, e os efeitos no corpo humano.

A utilização do conteúdo da cartilha, com adaptações, foi autorizada pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça. Com tiragem de 15 mil exemplares, a revista está sendo distribuída em escolas, comunidades e é um dos materiais gráficos de apoio às atividades de prevenção e fiscalização no Estado, realizadas sob a coordenação da Coordenadoria de Polícia Comunitária.

De acordo com o gerente do projeto De Bem Com a Vida, Ademar Torres, a cartilha está sendo entregue nas escolas que recebem as palestras do projeto. “São entregues à direção das escolas para que façam parte do acervo da biblioteca e sirvam de apoio pedagógico para trabalhar a temática álcool e droga”. “Alguns professores têm trabalhado com os alunos elementos da cartilha e, a partir deles, desenvolvido produtos de ´educomunicação`, que são produções de cartoons, textos e teatral”, completou.

A revista possui uma série de informações dos principais tipos de crimes, com foco especial no abuso sexual e suas subdivisões quanto à prática no seio familiar, fora do âmbito familiar e a exploração sexual para fins comerciais, além de abordar a pedofilia, os principais sintomas das crianças e adolescentes que sofreram abuso ou exploração sexual, cuidados, e alguns mitos e verdades, entre outros assuntos.

A delegada Luciani Barros, titular da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), disse que a cartilha ajuda a vítima a reconhecer o agressor e buscar auxílio com o atendimento adequado e rápido. “Queremos incentivar denúncias e romper a dinâmica do silêncio. Com isso, podemos responsabilizar o agressor nas investigações”, destacou. As revistas estão disponíveis para download no site da Polícia Judiciária Civil www.policiacivil.mt.gov.br , nos links Campanhas e em Dicas de Segurança.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)




Publicidade
Ajude-nos a manter o Site Antidrogas

Publicidade






Apoio





Mauricar
Dando mais saúde à vida de seu veículo