Notícias

Fumo mata 550 mil por ano na América Latina  Notícias sobre drogas e alcool - Site Antidrogas


A cada minuto que passa, uma pessoa morre na América Latina vítima de alguma das 25 doenças provocadas pelo tabagismo. Ao cabo de um ano, o tabagismo dizima 550 mil pessoas na região, o que corresponde a 11 por cento do total mundial. Embora às vezes seja difícil imaginar os efeitos devastadores provocados pelo consumo de cigarros, cachimbos, charutos e derivados, basta saber que é a primeira causa de morte evitável no mundo.

Morre mais gente de doenças causadas pelo tabagismo do que de Aids, além das vítimas de acidentes de trânsito, assassinatos, suicídios, alcoolismo ou por consumo de drogas ilícitas. Há anos, as organizações Mundial da Saúde (OMS), em Genebra, e Pan-Americana de Saúde (OPS), em Washington, travam uma luta constante contra esse hábito, que rapidamente provoca dependência física e psicológica, de forma semelhante aos entorpecentes ou drogas legalizadas de uso regulamentado, como o álcool, os tranqüilizantes, os soníferos e antidepressivos.

Apesar de tudo, o quadro dessa guerra é desanimador: as doenças relacionadas com o tabagismo continuam em ascensão. 'No mundo morrem quase cinco milhões de pessoas por causa do tabaco, frente aos três milhões que morrem vítimas da Aids' - declarou em Montevidéu o espanhol Armando Peruga, assessor regional de Controle do Tabaco da OPS. (das agências)

Fonte: BOL








Publicidade









Apoio

Copiadora Campos
Art & Design

Toldos Campos
Toldos - Paineis - Adesivos





Mauricar
Dando mais saúde à vida de seu veículo