Notícias

França reembolsa R$ 500 para ajudar fumantes a abandonar o vício  Notícias sobre drogas e alcool - Site Antidrogas



Jornal Folha de S. Paulo
Christian Hartmann/Reuters
O tabaco mata mais de 70 mil pessoas por ano na França

A França decretou que novembro se tornou o Mês sem tabaco. O projeto visa incentivar os fumantes a abandonar o vício. Além de campanhas de informação, o governo propõe reembolsar o equivalente a R$ 500 dos gastos em tratamentos para vencer a dependência.

Segundo estimativas recentes, o cigarro continua matando, a cada ano, entre 73 mil e 78 mil pessoas na França. Para combater essas estatísticas, as autoridades lançaram em 1° de novembro um mês sem tabaco.

A iniciativa, inspirada em um projeto que já existe há quatro anos no Reino Unido, consiste em criar um movimento coletivo, no qual os fumantes se sintam incentivados e acompanhados no projeto de parar de fumar.

"Parar um mês é simbólico. Se você pergunta a um fumante, ele admite que já tentou parar de fumar várias vezes, mas raramente mais de um mês. A maioria consegue uma ou duas semanas, mas depois não aguenta e volta a fumar", relata o professor Daniel Thomas, cardiologista e membro do Comitê Nacional de luta contra o tabagismo.

"Se nós conseguirmos, com essa dinâmica coletiva, fazer com que as pessoas parem durante um mês, nós sabemos, pois a experiência britânica provou isso, que os que param de fumar durante um mês, apoiados por seus próximos, têm cinco vezes mais chances de abandonar definitivamente o cigarro, em seguida", continua.

Além de conferências, grupos de ajuda e eventos de sensibilização organizados em todo o país durante o mês de novembro, o governo lançou uma vasta campanha de comunicação. A principal ferramenta é a distribuição gratuita de kits que dão aos fumantes dicas de como abandonar o cigarro. O material também ajudar a calcular quanto se gasta por ano com o vício e quanto se economizaria deixando o cigarro.

Mas o que mais está chamando a atenção é o incentivo financeiro dado pelo governo. O ministério francês da Saúde decidiu reembolsar € 150, mais de R$ 500, dos gastos em métodos para vencer a dependência. A medida já existia, mas o valor foi triplicado e agora é acessível a todos.

É como se o governo desse aos fumantes um envelope com 500 reais para a compra de medicamentos, como adesivos de nicotina ou inibidores do desejo de fumar. "Mas para que tudo isso funcione, o fumante tem que assumir que é dependente e aceitar ajuda", analisa o cardiologista.

Segundo a ministra francesa da Saúde, Marisol Touraine, mais da metade dos fumantes quer parar de fumar. Apenas no primeiro dia do Mês sem tabaco, mais de 120 mil fumantes se inscreveram no site do projeto. A operação custará aos cofres públicos € 10 milhões (cerca de R$ 35 milhões).
Fonte:UNIAD - Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas







Publicidade









Apoio

Copiadora Campos
Art & Design

Toldos Campos
Toldos - Paineis - Adesivos





Mauricar
Dando mais saúde à vida de seu veículo