Uma Pergunta, Uma Resposta

O que ocorre com os dependentes químicos sem cura?


A droga pode ser a causa direta de sua morte, pela overdose, ou indireta, pelas complicações secundárias, como problemas cardiovasculares, respiratórios, cerebrais (neurológicos), hepáticos, pancreáticos, intestinais, renais, infecções generalizadas, etc.

Os dependentes químicos podem também morrer por acidentes provocados pela alteração do estado de conciência (principalmente acidentes de carro), o que acontece mais com usuários de álcool e maconha. Podem ainda ser assassinados pelos traficantes por causa de dívidas; e se, além de dependentes químicos, são também traficantes, podem morrer por rivalidade entre gangues que disputam um mesmo território de ação, sobretudo quando se trata de cocaína e crack.

Ninguém morre de overdose de maconha, que, entretando pode levar a um tipo de vida quase vegetativo em razão do forte comprometimento da capacidade de trabalho ou das atividades em geral, que ficam reduzidas a comer, "canabizar" e dormir. Essa é a síndrome amotivacional provocada pela maconha.

Em relação ao tabaco, quanto maior for o consumo,maior a probalidade de adquirir um câncer de pulmão. Isso também acontece com a maconha, que é dez vezes mais cancerígena que o tabaco. Fumar cigarros é a maior causa conhecida de morte por câncer.








Publicidade








Apoio





Mauricar
Dando mais saúde à vida de seu veículo



Copiadora Campos
Art & Design

Toldos Campos
Toldos - Paineis - Adesivos