Drogas são combatidas em várias frentes

Ações de redução de danos são medidas públicas voltadas a minimizar conseqüências adversas no uso de entorpecentes

Que trabalhos têm sido feitos para a diminuição do uso de drogas e da transmissão das DST? Para responder a essa pergunta, vamos falar de um tema pouco conhecido que é a redução de danos. Ele é adotado diretamente para interferir no controle do uso de drogas. 

Seguem três estratégias. A primeira conta com a redução da oferta; ações para erradicação de plantões e destruição de princípios ativos; ações de repressão à produção, ao refino e ao tráfico; combate à lavagem de dinheiro e de fiscalização e controle da produção. 

A segunda engloba a redução da demanda: ações e esforços para desestimular ou diminuir o consumo, em especial a iniciação, e trata de usuários e dependentes. 

A terceira tem a função de orientar e executar ações para prevenção dos danos à saúde, que decorrem do uso de drogas, sem, necessariamente, interferir na oferta ou no consumo. As ações de redução de danos constituem um conjunto de medidas públicas voltadas a minimizar as conseqüências adversas no uso de drogas. 
Fonte: O Dia