O sentido dos gansos

Quando se vêem bando de gansos voando rumo ao sul, formando um grande “V” no céu, indaga-se o que a ciência descobriu sobre o porquê dessa forma de voar. Sabe-se que quando cada ave bate as asas, move o ar para cima, ajudando a sustentar a ave imediatamente atrás. Ao voar nesta formação, o bando todo se beneficia de pelo menos 71% a mais de força de vôo (rendimento), do que uma ave voando sozinha.

Sempre que um ganso sai do bando sente, subitamente, o esforço e a resistência necessários para continuar voando sozinho. Rapidamente, ele entra outra vez em formação para aproveitar o deslocamento de ar provocado pela ave imediatamente à sua frente.

Quando um ganso líder se cansa, ele muda de posição dentro da formação e outro ganso assume a liderança.

Os gansos de trás grasnam, encorajando os da frente para que mantenham o ritmo e a velocidade.

Finalmente, quando um ganso adoece ou se fere e deixa o grupo, dois outros gansos saem da formação e o seguem para ajudá-lo e protegê-lo. Eles o acompanham até a solução do problema e, então, reiniciam a jornada só em três, ou juntam-se a outra formação, até encontrar seu grupo original.

Uma sentença muito usada no Amor Exigente diz assim: Ninguém põe a mão em um vespeiro, mas qualquer um pode matar uma vespa. Sozinhos estamos perdidos, em comunidade encontramos a força.

Por isso o Amor Exigente adotou também como mensagem o Sentido dos Gansos e suas equipes. No Amor Exigente, as pessoas, pais e jovens com problemas de drogas, compartilham uma direção comum e um senso de equipe, conseguindo chegar ao seu destino (sobriedade e equilíbrio familiar) mais depressa e facilmente, porque elas se apóiam na confiança uma da outra.

Existe força, poder e segurança em grupo, quando se tem um objetivo comum. O revezamento também é vantajoso e essa técnica é usada nos passos de Amor Exigente. A solidariedade nas dificuldades e o apoio ativo e o encorajamento são imprescindíveis.
Venha ao Amor Exigente, voar em “V” e dar ou ouvir grasnados de encorajamento e apoio. As reuniões ocorrem às segundas feiras, às 20 horas, na Rua Marechal Deodoro, 388.

Vera Lorenzetti Gelás – Coordenadora do Grupo de Amor Exigente