fbpx

Cuba resiste ao tráfico, diz ex-czar antidroga americano

O ex-czar antidrogas dos Estados Unidos, Barry McCaffrey, afirmou este domingo em Havana que Cuba é “ameaça zero” militar para seu país e um ponto de “resistência” ao tráfico de drogas no Caribe.
“Cuba não representa uma ameaça militar (…), é ameaça zero”, disse à imprensa o agora professor de segurança nacional na academia militar de West Point, que concluiu uma visita de três dias à ilha, na qual conversou duas vezes com o presidente Fidel Castro e seu irmão Raúl, ministro da defesa.

“Não vejo como Cuba facilita o tráfico de drogas (…), creio firmemente que Cuba é uma ilha de resistência ao tráfico de drogas”, disse McCaffrey, que chegou a Cuba com uma delegação de 20 pessoas do centro de defesa da informação, uma ONG com sede em Washington.

O ex-czar antidroga pediu o diálogo entre Cuba e Estados Unidos, pois a seu ver é hora de deixar a mentalidade de 1959 e assumir a de 2000.

McCaffrey disse que na luta antiterrorista, Cuba não é um fator chave, exceto na área política, como ponte com nações que Washington considera hostis e a ilha mantém relações.
Fonte: Diário OnLine