Argentina quer combater narcotráfico na Colômbia para agradar EUA

A Argentina ofereceu ajuda militar para o combate ao narcotráfico na Colômbia em uma tentativa de se aproximar e conquistar o apoio dos Estados Unidos.

Segundo reportagem publicada pelo jornal “Ámbito Financiero”, a estratégia argentina se concentra em agradar aos norte-americanos para destravar um empréstimo do Fundo Monetário Internacional, que está em negociação há mais de dois meses.

Os EUA vêm apoiando o combate às Farc e ao narcotráfico na Colômbia, inclusive com recursos financeiros, desde a década de 90. A Argentina espera conseguir um empréstimo de até US$ 20 bilhões junto ao FMI, que tem como principal acionista os EUA.

Segundo i deputado Miguel Angel Toma, chefe da Comissão de Defesa da Câmara, o governo argentino prometeu que a ajuda militar consistiria no treinamento de pilotos de helicóptero colombianos.

A Argentina também poderia eventualmente mandar soldados para ajudar a Colômbia a policiar suas fronteiras e as zonas de conflito com as Farc.
A última vez que a Argentina apoiou os EUA em uma ação militar foi no início da década de 90, quando o então presidente Carlos Menem mandou dois navios para a guerra do Golfo.

Fonte: Folha Online/Mundo