fbpx

Coquetel de drogas matou o líder do Alice in Chains

SEATTLE, EUA – A morte de Layne Staley, líder do Alice in Chains, foi causada pela mistura de heroína com cocaína, segundo a autópsia e o exame toxicológico feitos no músico que morreu no último dia 5 de abril. O corpo de Staley foi encontrado duas semanas após sua morte, em seu apartamento em Seattle, rodeado de objetos que, provavelmente, foram usados pelo músico para injetar drogas intravenosas. O vocalista do Alice in Chains morreu no mesmo dia em que o líder do Nirvana, Kurt Cobain, cometeu suicídio, só que em 1994. A combinação fatal usada por Staley já matou artistas como os atores River Phoenix, em 1993, e John Belushi, em 1982.

Fonte: Globo On – Plantão Cultura