Campanha contra drogas é elogiada

SÃO PAULO. A presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e professora da Universidade Federal do Paraná, Glaci Zancan, disse estar preocupada com o uso cada vez mais freqüente de bebida alcoólica entre estudantes universitários. Ela afirmou que, embora não tenha estudos sobre o assunto, o problema é perceptível nos campus das universidades.

— A minha constatação é de que os meninos estão abusando do álcool. Dou aulas para alunos de primeiro ano. Por isso estou preocupada com esse problema do excesso do uso de álcool — conta.

Glaci elogiou a forma como a novela “O Clone”, da Rede Globo, aborda a questão das drogas. Segundo ela, o texto da autora Glória Perez mostra casos reais que chamam a atenção dos jovens para os problemas provocados pelas drogas.

— Todas as iniciativas que puderem ser feitas para impedir que a juventude se inicie nas drogas, é importante. Como também é importante mostrar as conseqüências do álcool sobre a vida.

Como a venda e a distribuição de bebidas alcoólicas estão proibidas nos campus das universidades, ela disse ser comum ver os estudantes levando garrafas escondidas em sacolas.

— Você conversa com o aluno, você vê que existe um problema. Você vê os meninos com álcool, circulando, mesmo a bebida sendo proibida no campus — diz.

Para a professora, a proibição da venda de bebidas nas universidades não significa muito. Ela compara a situação com o que ocorreu nos Estados Unidos na época da lei seca, que não fez diminuir o alcoolismo:

— O problema é fundamentalmente de educação. As pessoas têm que saber o risco que correm usando bebidas.

Fonte: O Globo – O País