Começa a operação pente-fino na fronteira com a Colômbia

Quatro mil soldados das Forças Armadas começaram hoje a vasculhar uma área de 252 quilômetros quadrados de fronteira do Brasil com a Colômbia. É a maior operação militar já realizada na Amazônia e na primeira reunindo as três Armas.

A área de fronteira escolhida é a que demanda maiores preocupações das autoridades brasileiras, já que do lado colombiano existem 30 mil homens armados lutando contra as forças do governo. Além disso, ali ficam as grandes plantações de coca e os laboratórios de refino da cocaína e papoula.

No primeiro dia de operações, os militares efetuaram ações de “pente-fino”, tanto por terra como por rio, segundo informou em Manaus o comando da Operação Tapuru, como foi denominada. O Exército e a Marinha iniciaram, também, ações sociais, atendendo famílias que vivem ao longo dos rios Negro, Içá e Japurá.

Todos os 1,6 mil km de fronteira do Brasil com a Colômbia vão ser vasculhados até o fim da operação, prevista para a próxima sexta-feira. Os combates simulados mais intensos começam amanhã e poderão ser registrados pela imprensa, conforme decisão do comando das operações.

Durante a operação, a Polícia Federal será acionada para intervir, caso soldados prendam traficantes. A Receita Federal e o Ibama também apóiam a manobra.

A fronteira já registrou conflitos, principalmente entre integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) com índios da região.

Fonte: Terra