Campanha antifumo francesa mostra homem morrendo

Imagens reais de um homem morrendo de câncer no pulmão estão sendo usadas em uma campanha antifumo lançada na França.

O anúncio, que foi exibido pela primeira vez na televisão do país na segunda-feira, mostra um homem muito magro sentado em sua cama.

Richard Gourlain, de 49 anos, foi filmado por sua mulher cinco dias antes de morrer, em 1999.

Ele sabia que as imagens seriam usadas para alertar outras pessoas sobre os perigos do tabagismo.

Realismo

No filme, um loucutor diz: “Este é apenas um fumante, que começou aos 14 anos, quando você pensa que é imortal. Ele nunca mais conseguiu parar”.

Cenas da vida de Gourlain são projetadas na parede de seu quarto, até que o anúncio termina com a frase: “Começar aos 14 é fatal”.

O anúncio foi produzido pelo Comitê Nacional Antifumo da França.

“Podem chamar o filme de sensacionalista ou acusá-lo de ser duro demais, mas queríamos mostrar a verdade”, disse o presidente do comitê, Gérard Dubois. “Essas imagens correspondem à realidade.”

Dubois afirmou que a campanha foi desenvolvida depois do sucesso de anúncios realistas antifumo feitos em outros países.

“A indústria do tabaco mente para promover seus produtos”, disse ele. “Para destruí-los, basta contarmos a verdade.”

Tática alternativa

No mês passado, outra campanha contra o cigarro foi veiculada na televisão e nos jornais da França, deixando os fumantes alarmados.

O anúncio dizia apenas que havia sido descoberto que um produto amplamente consumido continha substâncias tóxicas, e que as pessoas poderiam obter mais informações telefonando para um número gratuitamente.

Cerca de 500 mil pessoas ligaram e ouviram dos atendentes que o produto mencionado era o cigarro.

O Centro Nacional de Saúde para Prevenção e Educação da França, que idealizou essa campanha, afirmou que o sucesso foi estrondoso.

Cerca de 60 mil pessoas morrem no país a cada ano em decorrência de doenças relacionadas com o fumo.

Segundo o Centro de Documentação e Informação sobre o Tabaco, uma associação de fabricantes e comercializadores do produto na França, foram vendidos 83 bilhões de cigarros no ano passado no país, cerca de 1% a mais que em 2000.
Fonte: BBC Brasil