Aumenta o consumo de drogas nos Estados Unidos

Washington – Quase 16 milhões de pessoas maiores de 12 anos, ou 7% da população, consumiram pelo menos um tipo de droga ilegal no ano passado nos Estados Unidos, segundo um estudo nacional realizado pela secretaria da Saúde.

Com relação ao consumo de drogas por grupos étnicos, o estudo mostra que a taxa entre os negros foi de 7,4%, entre os brancos, 7,2%, e entre os hispânicos, 6,4%, praticamente a mesma que a do ano anterior.

O número de pessoas que consumiram maconha pela primeira vez nos EUA se manteve praticamente no mesmo nível no ano passado com relação a 2000, mas a quantidade daqueles que acreditam que fumar um baseado uma ou duas vezes por semana é uma prática perigosa caiu para 53%.

“Se a percepção de risco diminui, aumenta a possibilidade de consumo”, disse o secretário da Saúde dos EUA, Tommy Thompson, ao apresentar, hoje, o informe em Washington. O estudo ouviu aproximadamente 70.000 jovens em todo o país.

De acordo com o informe, a cocaína, devido a seu alto preço, é o terceiro tipo de droga ilegal mais usada nos EUA, depois da maconha e dos produtos psicotrópicos. No ano passado, 0,7% dos americanos acima de 12 anos consumiu cocaína, contra 0,5% um ano antes.

No geral, de acordo com o estudo, 10,8% das pessoas entre 12 e 17 anos consomem algum tipo de droga, um aumento em relação aos 9,7% obtidos em 2000. O uso de drogas entre os adultos de 18 a 25 anos aumentou a 18,8%, de 15,9% em 2000.

Pela primeira vez, foi incluída na pesquisa, que é realizada anualmente, uma pergunta sobre problemas mentais da população. Dos adultos acima de 18 anos, 7,3%, ou 14,8 milhões de pessoas, têm graves problemas mentais
Fonte: Agência Estado