Jovem começa a usar drogas em casa

“Estudo realizado pelo Conselho Estadual de Entorpecentes (Conem) mostrou que dos dependentes químicos em tratamento em Curitiba, 66% já tinham algum membro da família usuário de drogas ou em estado de abstinência antes de começar, eles mesmos, a consumir drogas. A pesquisa foi realizada com 90 adolescentes com idade de 14 e 18 anos que participam do grupo de apoio Amor Exigente de Curitiba.

Do total de entrevistados, 61% afirmaram terem começado a usar drogas por curiosidade e 39% por influência de amigos. Segundo o estudo, 76% dos jovens que usam drogas são do sexo masculino e 86,7% disseram que já conheciam alguém que usava drogas.

De acordo com o estudo, as drogas mais utilizadas são a maconha, o tabaco e o álcool, seguido por solventes, cocaína e crack.

O número oficial de dependentes químicos no Paraná já é de 100 mil pessoas. Mas uma estimativa do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid) vinculado à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) aponta que o número de pessoas dependentes no estado pode ser até cinco vezes maior.

Já no país, o aumento no número de dependentes teria subido 400% no mesmo período, segundo informações da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad). Segundo a Senad, de cada dez jovens brasileiros, seis já teriam experimentado maconha.”
Fonte: Jornal do Estado-PR, p. a8 Mario Akira.