Polícia ataca pequeno traficante de escolas

O Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc) prendeu 73 pessoas na primeira Operação Escola Segura de 2003. Cinqüenta e sete homens, 16 mulheres e 8 adolescentes foram detidos perto de escolas com 2,1 quilos de maconha, 622 gramas de cocaína, 309 gramas de crack e 203 gramas de cola de sapateiro.

O diretor do Denarc, Ivaney Cayres de Souza, ressaltou a importância da prisão de pequenos traficantes, como os que foram pegos na Operação Escola Segura, que durou cinco dias. “As pessoas falam que o pequeno traficante é um coitadinho, que o grande nunca é pego, mas é o pequeno que pega na mão da criança e põe a droga dentro da escola.”

Na primeira operação do ano, a Divisão de Inteligência e Apoio Policial (Diap) mapeou 148 escolas com denúncias de tráfico. A zona leste ficou em primeiro lugar, com 54 locais, e a zona sul em seguida, com 36. Além da droga, foram apreendidas armas, munição, um minilaboratório para refino, balanças, além de relógios, CD players, jóias e celulares – objetos usados na troca pelo entorpecente.

O Denarc fez um perfil dos traficantes detidos: 56% têm de 18 a 30 anos, 22% de 31 a 40, 8% de 40 a 50 e 3% mais de 50. Quase 70% têm apenas o 1.º grau.
Fonte: O Estado de S. Paulo