Estudo mostrará perfil de quem consome drogas

O Conselho Estadual Antidrogas (Cead), em parceria com o Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), realiza uma pesquisa para traçar o perfil dos dependentes químicos. O objetivo é reunir informações para facilitar o tratamento. Segundo a entidade, que já atendeu mais de 7 mil pessoas este ano, o consumo de drogas sintéticas cresceu nas classes média e alta.

Fonte: Estado de S.Paulo – Cidade