Seis feridos em tiroteio entre PM e traficantes

Seis pessoas foram baleadas ontem à noite durante confronto entre policiais militares do 22º Batalhão (Maré) e traficantes da Vila do João, no complexo de favelas da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro. Os feridos são dois PMs e quatro passageiros de um ônibus que passava pelo local na hora do tiroteio.

Cezar Romero de Oliveira, de 39 anos; Monique Veiga Nascimento, de 26; Gilvano Salles de Melo, de 17; e Alan Lages Matos estavam em um ônibus da viação Vila Real, linha 378 (Marechal Hermes-Praça XV), que seguia pela pista da Avenida Brasil que leva à Zona Oeste e ficou no meio do fogo cruzado. Os casos mais graves são os de Oliveira e Monique, ambos feridos na cabeça. Também foram baleados os PMs Joel Alves da Silva, de 25 anos, e Franklin Bezerra Marinho, de 26. Eles foram socorridos e levados para o Hospital Geral de Bonsucesso, na Zona Norte.

Cerca de 200 policiais civis fizeram ontem uma operação no morro do Dendê (Ilha do Governador, Zona Norte) para cumprir mandados de busca e apreensão. O resultado foi frustrante: apenas dois homens foram detidos para averiguação e liberados momentos depois. A ocupação do morro pela Polícia Militar com 500 homens torna o fracasso mais evidente. O comandante do 17º BPM (Batalhão da Polícia Militar), tenente-coronel Pedro Paulo da Silva, instalou um posto na favela, de onde despachou ontem. A ocupação é por tempo indeterminado. No Dendê, morreram quarta-feira 12 supostos traficantes em um confronto pelo controle dos pontos-de-venda de drogas, que pertencem à facção criminosa TC (Terceiro Comando).

Fonte: O Povo