PF faz apreensão recorde de ecstasy no Aeroporto de Brasília

A Polícia Federal prendeu em flagrante Alessandro Fernandes Campos Lima, de 28 anos, Lawana Marcovicz, de 25 anos, e Carlos André Castelo Branco, de 24, nesta segunda no Aeroporto Juscelino Kubitschek em Brasília.

Na bagagem dos três jovens, os agentes encontraram 1,5 mil comprimidos de ecstasy, cerca de dez gramas de skank e um grama de haxixe. Essa foi a maior apreensão de ecstasy do Distrito Federal e segunda maior do Brasil.

Eles adquiriram a droga em uma viagem de uma semana em Amsterdã, na Holanda. Segundo a polícia, os três levaram do Brasil um quilo de cocaína para conseguir o dinheiro para comprar os comprimidos.

“Essa foi a primeira viagem que fizeram juntos. Mas tenho certeza que com a prisão deles, foi desarticulado um dos principais grupos de tráfico de ecstasy em Brasília”, afirmou o chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal, Paulo Cassiano Junior.

Os jovens foram indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação com o tráfico e agravante por terem traficado entorpecentes no exterior. Caso sejam condenados, os três podem pegar até 30 anos de prisão.

Fonte: Em Tempo Real