Polícia faz a maior apreensão de merla do ano em Planaltina

A 31ª DP de Planaltina fez, na segunda-feira, a maior apreensão de merla do ano na cidade. A droga era comercializada por uma quadrilha composta por integrantes da mesma família e estava escondida na casa de José Nilson Barbosa Gomes, 25 anos. No local foram encontradas 335 latinhas contendo merla. Segundo o delegado José Adão Rezende, o produto foi avaliado em R$ 26 mil. A apreensão aconteceu por volta das 19h, no bairro Buritis II.

Na operação, a polícia prendeu a esposa de José Nilson Barbosa, Rosa Pereira da Conceição, de 25 anos, e o irmão, Jairo Barbosa Gomes, 20 anos. O traficante não estava em casa e por isso ainda está foragido.

De acordo com o delegado José Adão, a quadrilha fornecia merla para traficantes da região. “Pessoas que ficam repassando a droga pelas ruas”, disse. Segundo o delegado, a polícia já tem pistas do foragido. “Esperamos prender o José Nilson até esta quarta-feira”, afirmou.

Além das latinhas de merla, os policiais encontraram aparelhos de som, roupas, perfumes, frente de toca-fitas, munição de pistolas 9mm e 38mm e de revólver 38, que teriam sido adquiridos através da comercialização da droga.

O crime de tráfico de drogas prevê pena de três a 15 anos de prisão. Os acusados poderão ser indiciados pelo porte de munição restrita, cuja pena varia de dois a quatro anos.Eles também poderão ser indiciados pelo porte de munição restrita, cuja pena varia de dois a quatro anos.

Fonte: CorreioWeb