Grande reunião internacional dedicada à luta contra a droga no Afeganistão

09h45 – CABUL – Uma grande conferência internacional sobre o problema da droga no Afeganistão foi aberta neste domingo em Cabul, informaram fontes oficiais afegãs. Organizada pela Grã-Bretanha, esta cúpula, a primeira deste tipo no país, junta mais de 200 especialistas internacionais, representantes da ONU e do governo afegão.

O primeiro dia de debates se realiza a portas fechadas. O diretor do Departamento contra as drogas e o crime das Nações Unidas (UNODC), Antonio Maria Costa, participa das discussões. O presidente afegão Hamid Karzai pronunciará um discurso na segunda-feira.

O governo afegão espera com esta reunião conseguir verbas de cerca de 300 milhões de dólares para lutar contra as drogas no país. Dois anos depois da queda do regime dos talibãs, os esforços para reduzir a produção de ópio, do qual são extraídos a morfina e a heroína, não deram qualquer resultado.

Ao contrário, a produção de ópio no Afeganistão aumentou 6%, alcançando 3. 600 toneladas em 2003, segundo o UNODC. Assim, o Afeganistão é o primeiro produtor mundial de ópio, controlando 77% da produção internacional. A produção e o tráfico de drogas permitiram em 2003 arrecadar cerca de 2,3 bilhões de dólares, um número equivalente à metade do Produto Interno Bruto (PIB) afegão.

Fonte: Correioweb