Pesquisa associa fumo e bebida a maior incidência de câncer na cabeça

O consumo de cigarros e de bebidas alcóolicas está relacionado a uma maior incidência de câncer na cabeça e no pescoço, sugere um estudo da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP (Universidade de São Paulo).

Ao analisar os genes mais relacionados com tumores de cabeça e de pescoço, a pesquisadora Elisabete Cristina Miracca detectou que, dos 144 pacientes com câncer estudados, apenas 12 não eram fumantes e só 20 não consumiam álcool. A incidência da doença também foi maior entre homens com mais de 40 anos.

O principal objetivo da pesquisa era estabelecer relações entre as alterações gênicas e o desenvolvimento e evolução dos tumores, inclusive a progressão para o câncer.

A pesquisadora analisou o material genético extraído de amostras dos tumores de pacientes do Hospital do Câncer, em São Paulo, e concentrou-se na análise dos efeitos de alguns genes que produzem enzimas responsáveis pelo metabolismo de substâncias cancerígenas do cigarro.

Fonte: BOL