fbpx

Philip Morris deve pagar US$ 1 bi para se livrar de processo europeu

Americana é acusada de ser conivente com o contrabando e falsificação para escapar do fisco

Mais um round na briga globalizada contra a indústria do fumo. Esta não envolve os males para a saúde, mas sim aqueles que afetam os cofres públicos. A Comissão Européia e a empresa americana de tabaco Philip Morris estão negociando acordo para pagamento de US$ 1 bilhão e encerrar um conflito judicial sobre contrabando de cigarros, informaram as duas partes nesta segunda-feira.

David Davies, vice-presidente da Philip Morris, afirmou à Reuters que a fabricante de cigarros deverá mesmo pagar essa multa. A Philip Morris, que produz o cigarro Marlboro, informou que a multa deverá financiar programas anticontrabando e falsificação

“Posso confirmar que estamos próximos de um acordo dentro da questão do contrabando e falsificação de cigarros” disse o Comissário de Orçamento e Anti-Fraude da União Européia, Michaele Schreyer.

A União Européia está sustentando um longo processo judicial em tribunais americanos acusando a empresa – juntamente com a concorrente R.J. Reynolds – de ser conivente com o contrabando de cigarros para escapar de impostos na Europa.

Uma porta-voz da Comissão confirmou que o processo judicial havia sido rejeitado, mas que ainda poderia ser levado para apelação. Ela acrescentou que o pagamento será feito para a Comissão e 10 países-membros.
Fonte:Ultimo Segundo