R$ 1 mil por cada ano de cigarro

A juíza Adaísa Bernard Halpern, da 19ª Vara Cível de SP, estabeleceu indenização mínima de R$ 1 mil por danos morais para cada ano de cigarro consumido, em ação coletiva movida pela Associação de Defesa da Saúde do Fumante. A acusação é de omissão de informações sobre a periculosidade do fumo e veiculação de propaganda enganosa e abusiva. Atinge a Souza Cruz e a Philip Morris. O processo corre desde 1995. Segundo Luiz Mônaco, diretor jurídico da entidade, ouvido pela Folha, o valor mínimo da causa chega a R$ 30 bilhões – já que a estimativa do Instituto Nacional do Câncer é de que existam 30 milhões de fumantes no País. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça de SP.
Fonte: Advillage