Esteróide poderia acalmar drogados com síndrome de abstinência

Pesquisadores da Universidade de Bar Ilán informaram hoje, segunda-feira, sobre a produção de um novo esteróide para acalmar os drogados que sofrem com a síndrome de abstinência.
Segundo o doutor Gal Yadid, chefe do Departamento de Neurofarmacologia desse estabelecimento, foi concluída com êxito a fase de experimentação com ratos de laboratório.

O novo esteróide será apresentado em um congresso sobre “Drogas: influência sobre o funcionamento do cérebro, adição e tratamento”.

“Na atualidade não existe nenhum tratamento eficaz” para esses doentes. “Tomam metadona, um fármaco que é cômodo para a sociedade e que permite controlá-los. Os drogados deixam de se injetar e são menos violentos, mas se convertem em humanos frágeis devido a essa substância”, explicou Yadid.

O material empregado para produzir o novo esteróide -cuja fórmula não foi revelada- se vende habitualmente como suplemento alimentar em alguns países.

Trata-se de uma substância que também é produzida pelo organismo humano e que, se for injetada em doses elevadas, reduz a ansiedade e a necessidade do paciente, destacou.
Fonte: Terra