Traficantes expulsam moradores de prédio na zona norte do Rio

Traficantes do morro do Adeus expulsaram os moradores e saquearam um prédio de três andares localizado no pé da favela, no bairro de Ramos (zona norte do Rio). Há conflitos no morro desde sexta-feira, quando o chefe do tráfico no local, Leandro Jesus de Aparecida Sabino, o DJ, ligado à facção ADA (Amigo dos Amigos), foi morto em um tiroteio com a polícia.

Desde então, pelo menos mais cinco pessoas foram mortas em tiroteios. Pelo menos 70 famílias foram expulsas de suas casas por traficantes. O prédio de três andares estava com as paredes furadas por balas. Dentro dele, cômodos estavam revirados. De acordo com a PM, o local foi invadido por membros do bando de DJ, que suspeitavam que os moradores tivessem dado informações para a polícia.

Nesta segunda-feira, moradores também deixavam o morro. Pelo menos duas Kombis carregavam mudanças. Uma mulher disse: “Pelo menos saio daqui com vida”. Traficantes das comunidades Vila do João e Vila do Pinheiro, no complexo da Maré, ligados à facção criminosa ADA (Amigo dos Amigos), estariam planejando invadir o Adeus para recuperar o controle do tráfico na favela.
Fonte: UAÌ – Estado de Minas