Cresce plantio de droga transgênica no Paraguai

As 3,2 toneladas de maconha transgênica apreendidas na terça-feira da semana passada são apenas uma pequena parte dos mais de 2,5 mil hectares da droga plantados na região de fronteira. De acordo com autoridades paraguaias, os traficantes estão optando pelo plantio da nova droga por representar menos custos, com maior produção em menor área de plantio e, principalmente, por dificultar a identificação das lavouras, que normalmente são plantadas em regiões aonde só é possível chegar de helicóptero ou avião.

Em dezembro do ano passado, através de um trabalho conjunto da Polícia Federal do Brasil e Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), do Paraguai, foram destruídos 240 hectares de maconha em 112 lavouras identificadas pela polícia. Uma grande parte das plantações era da espécie transgênica. Se fossem colhidas, segundo as autoridades paraguaias, resultariam na produção de 565 toneladas já prensada, pronta para o consumo.
Fonte: Correio do Estado