Polícia espanhola prende brasileira com cocaína

Agentes da Guarda Civil espanhola detiveram no aeroporto de Barajas, em Madri, dois espanhóis, um dominicano, um cubano e uma brasileira que pretendiam introduzir na Espanha 10,715 quilos de cocaína, informou hoje a polícia.

O primeiro, J.G.A., espanhol de 42 anos, foi detido na sexta-feira em sua chegada a Barajas em um vôo procedente de Buenos Aires, depois de se descobrir que escondia 1,1 quilo de cocaína em uma faixa grudada a seu corpo e em nove cápsulas em seu estômago.

Minutos mais tarde foi detido M.A.M.R., dominicano de 20 anos, depois de localizarem em seu organismo 94 cápsulas de 10 gramas de cocaína cada uma.

As fontes acrescentaram que no sábado um cão farejador apontou uma mala que chegou em um vôo procedente de São Paulo com cinco pacotes que continham 1,86 quilo de cocaína. A dona da bagagem, R.G.D.S., brasileira de 25 anos, foi detida.

Os cinco detidos passarão à disposição da Justiça nas próximas horas, acusados de crimes contra a saúde pública.
Fonte: Terra