Programa de Erradicação às Drogas

A Polícia Militar realizou, na segunda-feira última, no Hotel Lago da Palma, a aula inaugural do curso de Instrutor do Proerd (Programa de Erradicação de Resistência às Drogas e a Violência). Ao todo, 30 policiais militares de várias unidades do Estado, vão fazer o curso, que tem a duração de 13 dias e será ministrado por oito policiais de São Paulo.

Os futuros professores-instrutores vão trabalhar nas escolas de ensino púbico e privado com crianças da 4ª série, transmitindo conhecimentos sobre os males que as drogas causam ao corpo e à mente e como proceder para se tornar resistente a qualquer forma de convencimento por parte daqueles que tentam induzir os mais jovens ao vício, ao crime e à delinqüência.
A presença de policiais militares nas escolas para a aplicação do Proerd cria uma possibilidade de redução de outros problemas locais relacionados à segurança pública, em decorrência da oportunidade proporcionada aos policiais de interagir com a comunidade local, conhecendo seus problemas e suas possíveis soluções.

Programa Internacional, o Proerd já está sendo aplicado em mais de 50 países e quase todos os Estados Brasileiros. No exterior, é conhecido como Dare (Drug Abuse Resistence Education).

Iniciou-se em 1983, em Los Angeles?EUA, sendo desenvolvido e aplicado pelo Departamento de Polícia e o Distrito Escolar da cidade, e hoje está sendo aplicado em todos os Estados Norte-americanos e em mais de 40 países. Chegou ao Brasil em 1992 no Rio de Janeiro.
Fonte: Folha Popular