Polícia admite que traficante procurado freqüenta baile em morro

A polícia do Rio tem informação de que o traficante mais procurado da cidade, Irapuan David Lopes, o Gangan, participa todas as noites de sexta de um baile funk em uma quadra na rua Ambiré Cavalcanti, no morro de São Carlos (Estácio, zona central), seu principal reduto.

No baile, o traficante anda com um fuzil e é escoltado por homens fortemente armados. Ele até subiria ao palco para cantar músicas que fazem apologia ao tráfico, segundo relatos.

O evento recebe várias pessoas de outras comunidades onde o tráfico é dominado pela ADA (Amigo dos Amigos). O baile, segundo a polícia, é usado como fachada para a venda de drogas.

O titular da 6ª Delegacia de Polícia (Cidade Nova, zona central), delegado Ricardo Dias Teixeira, afirmou que é um risco fazer uma operação policial para capturar Gangan durante o baile. Segundo ele, o local é freqüentado por muitas crianças.

Na segunda-feira, na rua Ambiré Cavalcanti, a polícia descobriu um esconderijo do traficante, onde ele organizava festas.

O delegado Teixeira afirmou que, para lavar o dinheiro do tráfico, Gangan teria aberto uma empresa que distribuiria ovos no Rio.
Fonte: Folha