Justiça argentina libera Maradona

A Justiça argentina autorizou Diego Maradona a continuar seu tratamento contra o vício da cocaína em Cuba, a partir da próxima semana. Segundo o diário La Nacion, a decisão foi tomada após uma audiência de quatro horas com a família, o médico pessoal e o advogado do ex-jogador. Norberto García Vedia, juiz encarregado do caso, pediu apenas um documento vindo de Cuba constando que Maradona vai ficar em uma clínica terapêutica de regime fechado. O papel já foi enviado uma vez, mas o juiz o vetou porque faltava um selo.
Fonte: Bol