MP discute venda indiscriminada de anabolizantes

Tudo em nome da estética, até mesmo risco de morte. Apesar dos grandes perigos causados pelo uso dos anabolizantes, ainda são muitos os casos de pessoas que utilizam esse tipo de produto para ganhar massa muscular.

De acordo com Edinaldo Souza Rezende, proprietário da academia Corpo e Alma, as academias da cidade continuam funcionando como verdadeiros pontos de venda das fórmulas em questão. A Federação Sergipana de Musculação, por sua vez, nega que os anabolizantes continuem sendo comercializados nos estabelecimentos, mas concorda com os riscos que ocasionados por eles.

Para discutir o assunto, o Ministério Público Estadual tem audiência marcada para o próximo dia 21. O encontro será presidido pela promotora de Justiça Miriam Teresa Machado e contará com a participação de representantes do Conselho Regional de Educação Física, Federação Sergipana de Musculação e Bodybuilding, Conselho Regional de Veterinária, Vigilância Sanitária municipal e estadual, além da Emdagro.
Fonte: Cinform