Lança-perfume pode ser entrada para outras drogas mais pesadas

Em média, são dez segundos de efeito produzidos pelo laça-perfume ou “loló”, ambos compostos de cloreto de etila, uma substância obsoleta na medicina. O clínico geral Aderbal Figueiredo afirmou que o uso freqüente do produto pode causar dependência física e levar a pessoa a usar outras drogas.
“Se o usuário tiver problema cardíaco, o produto pode causar uma parada cardíaca. Se for asmático, pode desencadear outras complicações chegando a uma parada respiratória”, disse o médico.

Dependendo da dosagem a ser utilizada, o usuário pode também desmaiar ou sentir escurecer a vista e até querer vomitar. Quando associada à bebida alcoólica, a situação pode piorar.
Para os usuários que pensam que o lança-perfume tem apenas efeitos passageiros, o médico ressaltou que os efeitos colaterais podem ser duradouros e trazer complicações mais graves.

Ele não tem dúvida quando assegura que o lança-perfume é a porta de entrada para outras drogas mais pesadas como maconha, cocaína, crack e ecstasy. “Se começa na brincadeira de carnaval e, com o tempo, o lança-perfume não faz mais efeito e a pessoa passar a buscar outra substância mais potente”, disse.
Fonte: Folha