Controle além das drogas

O DIA vem noticiando, numa seqüência de reportagens desde o início do ano, que os criminosos têm controlado mais do que as drogas nas favelas. Os novos tentáculos do crime se estendem desde a cobrança de pedágio a motoristas de vans até a venda de gás. Em fevereiro, foi mostrado que o tráfico exige de comerciantes da Favela da Carobinha, em Campo Grande, um “imposto” para que possam trabalhar em paz. Dia 26, foi noticiado que visitantes do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, precisam ter uma carteirinha de identificação para ter livre acesso ao local, e que traficantes da Favela da Rocinha cobram taxa pela instalação de TV a cabo clandestina. O domínio sobre a venda de galões de água em Santa Cruz também é investigado.
Fonte: O DIA