Falsa percepção dos riscos do cigarro light expõe jovens ao vício do tabagismo

Cigarros “suaves” têm sido apresentados pela indústria do tabaco como alternativas menos tóxicas ao consumo de cigarros tradicionais. Eles poderiam, segundo os fabricantes, ser utilizados até mesmo por usuários que desejam abandonar o vício sem interromper bruscamente o hábito de fumar.

Um artigo publicado esta semana, no mais recente número da revista Pediatrics, mostra a visão que adolescentes americanos têm do chamado cigarro light.

Segundo pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos EUA, uma falsa sensação de controle sobre os riscos oferecidos pelo tabagismo, ao consumirem cigarros light, traz aos jovens estudados uma maior facilidade para aderirem ao vício, com maior resistência a buscarem auxílio junto a profissionais adequados.
Fonte: Boa Saúde