Mulher é presa tentando entrar em presídio com droga e celular

Uma mulher tentou burlar a segurança da penitenciária Danilo Pinheiro (P-1), no bairro Mineirão, para entrar com droga e telefones celulares durante o horário de visita, na manhã de ontem. Maria da Penha Gonçalves, de 58 anos e residente em São Paulo, foi detida por agentes penitenciários femininos, que a revistaram e descobriram os objetos. Levada à Delegacia Participativa, foi presa em flagrante por tráfico e conduzida à Cadeia Pública Feminina de Votorantim.

A acusada ia visitar o filho, Cláudio Roberto Gonçalves. Ás 10h, ela passou por revista pessoal, que tem o propósito justamente de evitar que visitantes coloquem drogas, armas ou qualquer outro objeto não permitido dentro do presídio. As agentes logo perceberam que a mulher trazia colados no abdome com fita adesiva dois telefones celulares, uma placa eletrônica de celular, dois cabos e um frasco que continha cocaína.

A droga estava embalada, imersa em óleo, e colocada dentro de um frasco do medicamento dipirona. Na bolsa, havia ainda uma tesoura, um carregador de celular, mais um cabo e uma agenda de telefones, com nomes e números. Tudo foi apreendido. Na delegacia, ela disse que recebeu a droga, celulares e acessórios de um homem, que esteve em sua residência e mandou entregar ontem para o filho (de Maria), Cláudio.
Fonte: CruzeiroNet