Perícia não descarta uso de álcool e cocaína pela cantora

Para a perícia do Ministério Público, o exame toxicológico negativo para o álcool e cocaína não exclui a possibilidade do uso dessas substâncias pela cantora. “As doses usuais de 10 a 30 miligramas de cocaína produzem concentração baixa da droga no sangue. A cocaína desaparece rápido do sangue. Quase metade da dose é eliminada entre 30 e 75 minutos”, analisou a perita Tania Donati. No processo, Elaine Silva Moreira, a Lan Lan, e Thamyma Souza de Carvalho, que levaram Cássia Eller à Casa de Saúde Santa Maria, confirmaram que a cantora consumiu álcool e achavam que ela teria usado cocaína. As duas também afirmam que alertaram os médicos.

O laudo das peritas alerta ainda que o álcool também é eliminado rapidamente do sangue. “De modo que a probabilidade do resultado (do exame toxicológico cadavérico) ser negativo é maior para amostras colhidas depois de duas horas da chegada no hospital”, diz o documento.

Apesar de o MP indicar erro médico no atendimento à cantora, o Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj) arquivou a investigação na época.

Fundada nos anos 80, a Casa de Saúde Santa Maria, em Laranjeiras, tem 21 especialidades. Conta com 21 apartamentos, 19 leitos no CTI, 16 na enfermaria, seis no berçário e três suítes. Oferece 13 tipos de serviço, como tomografia computadorizada e ultra-sonografia.

O deputado federal e médico Mario Lúcio Heringer (PDT-MG) é um dos sócios da clínica. Com o cargo de diretor-presidente, ele divide a sociedade com o irmão e também médico, Gedalias Heringer. Embora seja um dos donos, o deputado estaria longe das atividades da clínica, segundo o advogado Luiz Marcelo Lubango. Eleito em 2002, Mário também promove concursos de miss.
Fonte: O DIA