Atacante corre risco de prisão na Romênia por consumo de drogas

BUCARESTE – A Procuradoria do Alto Tribunal de Cassação e Justiça da Romênia poderá investigar o atacante Adrian Mutu, do Chelsea (ING) e da seleção romena, que reconheceu em declarações à imprensa ter consumido drogas. Mutu foi suspenso por sete meses pela federação inglesa após ter sido detectada a presença de cocaína em seu exame antidoping. Ele chegou à Romênia no sábado passado.

A porta-voz da Procuradoria, Simona Frolu, declarou nesta segunda-feira que se os fiscais abrirem processo contra Mutu, ele será interrogado ao lado de várias testemunhas, como a atriz pornô Laura Andresan, que declarou à imprensa saber que o jogador consumia cocaína há um ano.

Na Romênia, o consumo de drogas é punido com prisão, mas a pena pode ser relaxada e cumprida em regime aberto. A lei prevê também que o culpado seja internado num hospital para passar por um programa de desintoxicação.
Fonte: JB On-Line