Guerra entre traficantes volta a atingir a zona sul do Rio

Um tiroteio entre traficantes assustou moradores e motoristas que passavam, na madrugada desta segunda-feira, pela avenida Niemeyer, que liga o Leblon a São Conrado, zona sul do Rio.

Segundo a PM, o tiroteio envolveu integrantes de facções rivais dos morros do Vidigal e da Rocinha. Não há informação de feridos.

O tiroteio começou por volta da 0h. Os transformadores de energia responsáveis pela iluminação da avenida teriam sido atingidos pelos traficantes durante o confronto.

Moradores das favelas, com medo da troca de tiros, evitaram subir o morro e entrar em suas casas.

Policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) foram acionados e seguiram para o Vidigal. Segundo a PM, a situação voltou ao normal na região nesta manhã.

Confronto

Os confrontos entre traficantes da Rocinha e do Vidigal têm sido constantes neste ano.

O caso mais conhecido ocorreu na Semana Santa, quando criminosos partiram do Vidigal à Rocinha na tentativa de controlar os pontos-de-venda de cocaína e de maconha.

A Rocinha seria a lucrativa favela carioca, movimenta R$ 50 milhões por mês, segundo a polícia.
Fonte: Folha