Brasil e Paquistão assinam acordo para combater narcotráfico

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou que o acordo bilateral assinado entre os governos do Brasil e do Paquistão na área de combate ao narcotráfico será importante para a repressão de ilícitos que financiam atos terroristas.

Durante almoço oferecido ao presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, no Ministério de Relações Exteriores, Lula elogiou o trabalho que o governo daquele país vem desenvolvendo com o intuito de combater o terrorismo. Lula também destacou como positivo o processo de reconciliação com a Índia, que Musharraf, junto com o governo indiano, tem feito.

“O impacto desse gesto para a estabilidade no coração da Ásia e para a segurança internacional tem sido extraordinário”, afirmou Lula.

Além do intercâmbio comercial, que deve ser intensificado nos próximos anos, os dois presidentes também conversaram sobre a coordenação no âmbito do G-20 e o combate mundial à fome e à pobreza.

No âmbito do G-20, eles reafirmaram o compromisso com a eliminação dos subsídios que os países ricos concedem aos seus produtos agrícolas.

O Paquistão é integrante do G-20, o grupo de economias exportadoras de produtos agrícolas que tem no Brasil uma de suas lideranças.
Fonte: Cruzeiro do Sul