Fumo causa danos ao cérebro, aponta estudo

Da AFP
Em Paris

Sabe-se há muito tempo que o fumo causa, entre outras doenças, câncer, problemas no coração e impotência; agora, danos ao cérebro também podem ser adicionados à lista.

Pesquisadores na Escócia investigaram as habilidades mentais de 465 pessoas que se submeteram a um teste de QI em 1947, aos 11 anos de idade.

Os voluntários foram testados novamente, entre 2000 e 2002, aos 64 anos de idade. Cerca da metade deles é composta por fumantes.

“Em cinco diferentes testes cognitivos, os fumantes tiverem pior performance do que ex-fumantes e de pessoas que nunca fumaram”, informará na edição deste sábado a ´British weekly New Scientist´.

“Quando fatores sociais e de saúde, como educação, ocupação e consumo de álcool são levados em conta, o fumo ainda parece contribuir em menos de 1% na perda da função cognitiva”.

O estudo, publicado na íntegra num jornal especializado, o ´Addictive Behaviours´, foi liderado por Lawrence Whally, da Universidade de Aberdeen.

O motivo pelo qual o fumo pode afetar a habilidade cognitiva não é claro. Uma possível razão é que células do cérebro são mais suscetíveis aos estragos causados pelos radicais livres, os quais poderiam ser desprendidos pelos produtos químicos do tabaco.