Rio proíbe venda de cola de sapateiro para combater o crime

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro proibiu a venda de cola de sapateiro para coibir o uso do produto como entorpecente, hábito muito comum entre moradores de rua, sobretudo crianças.

“A cola de sapateiro tem um bom propósito quando é usada por sapateiros, mas ela é também um narcótico extremamente forte e sua venda contribui para a degradação moral dos jovens e aumenta os índices de criminalidade”, disse na quarta-feira o autor da medida, deputado Paulo Melo (PMDB).

O projeto, aprovado na terça-feira, torna ilegal a venda de cola de sapateiro e de alguns solventes.

A proibição vale para sapateiros até que um processo regulatório estabeleça permissões de uso, aos moldes das receitas médicas.

Segundo Melo, a governadora Rosinha Matheus deve sancionar a medida em breve.

(Por Andrei Khalip)

Fonte: MSN