Comediante George Carlin entra em programa de reabilitação

LOS ANGELES (Reuters) – O comediante George Carlin, que tornou-se um ícone da contracultura na década de 1970 com piadas sobre drogas e palavrões, anunciou na segunda-feira que internou-se voluntariamente em um programa de tratamento contra o abuso de álcool e remédios.

“Estou entrando na reabilitação porque tomo muito vinho e Vicodin”, disse Carlin, 67, em comunicado. “Ninguém me disse que preciso disso. Reconheço o problema e eu mesmo tomei a iniciativa”, afirmou o comediante, cujo livro mais recente, “When Will Jesus Bring the Pork Chops?”, é um bestseller nos Estados Unidos.

O anúncio ocorre semanas depois de o comediante ter provocado polêmica no MGM Grand em Las Vegas, durante uma apresentação em que questionava o intelecto das pessoas que frequentam a cidade.

De acordo com a imprensa, os comentários de Carlin sobre os turistas “imbecis” de Las Vegas levou a uma dura troca de ofensas com a platéia.

Durante os anos 1980, Carlin lutou para se livrar da dependência de cocaína, mas disse ter abandonado a droga. Ele também já sofreu três ataques cardíacos.

O porta-voz de Carlin, Jeff Abraham, disse que o comediante ingressou em um programa de reabilitação na segunda-feira, mas não especificou quanto tempo deverá durar o tratamento. Segundo ele, Carlin deverá iniciar um novo show em fevereiro, no Stardust Hotel, em Las Vegas.

Fonte: MSN