Federer fica frustrado com casos de doping no tênis

DOHA (Reuters) – O tenista número um do mundo, Roger Federer, disse que está frustrado com os casos positivos de doping no tênis, que voltaram à tona na semana passada, com o doping do austríaco Stefan Koubek.

“Não faz sentido para mim, as pessoas tomarem drogas para jogar tênis”, afirmou o suíço na quarta-feira.

“Todos nós gostaríamos de ver nosso esporte limpo. Mas há notícias de várias substâncias sendo usadas pelos jogadores. Algumas delas são suplementos energéticos, mas, sendo profissionais, os atletas devem saber o que usar e o que não usar.”

“É difícil de acreditar alguns deles dizendo que não sabiam que substância era”, completou ele.

Koubek, 60o. colocado no ranking mundial, argumenta que tomou a substância proibida triamcinolona acetonida através de uma injeção dada por um médico austríaco para uma contusão no pulso. Ele planeja apelar contra a suspensão de três meses.

No começo deste ano, o britânico Greg Rusedski escapou da punição depois de testar positivo para nandrolona ao argumentar que tomou suplementos contaminados fornecidos pela ATP.

Fonte: MSN