Itália passa a proibir fumo em locais públicos fechados

Governo diz que quer proteger não-fumantes do fumo passivo

A partir desta segunda-feira, os italianos passam a ficar proibidos de fumar em todos os locais públicos fechados, incluindo bares, restaurantes e escritórios.

A introdução da novidade promete ser um desafio para muitos moradores do país, para os quais o hábito de fumar um cigarro tomando um café é um hábito diário.

Muitos donos de bares e restaurantes não instalaram nos seus estabelecimentos uma sala para fumantes, como exige a nova lei. Alguns também ameaçam não agir contra os fumantes que desafiarem a mudança.

Se um estabelecimento for flagrado permitindo o fumo ele poderá ser multado em 2 mil euros (cerca de R$ 7.085), enquanto o próprio fumante também pode receber uma multa de 275 euros (cerca de R$ 974).

Campanha

O governo diz que a nova lei é necessária para proteger a população como um todo dos riscos do chamado fumo passivo.

No ano passado, dois outros países europeus ? a Irlanda e a Noruega ? introduziram mudanças semelhantes.

Além de proibir o fumo em locais públicos fechados, as autoridades italianas também lançaram uma campanha para incentivar a população a deixar o vício.

A campanha, particularmente voltada às mulheres, prega que “fumar não é sexy” e pede para que as mulheres não “queimem” suas belezas com o tabaco.

Fonte: BBC