Beber demais aumenta riscos de derrame cerebral

Um estudo prospectivo que investigou a saúde de quase 40 mil profissionais de saúde por 14 anos foi publicado na edição mais recente da revista Annals of Internal Medicine. O hábito de consumo de bebidas alcoólicas pelos participantes foi relacionado ao risco individual de ocorrência de derrame cerebral isquêmico.

Após análise estatística dos dados, pesquisadores da Universidade de Sidney, na Austrália, concluíram que o consumo leve ou moderado de álcool não tem impacto significativo sobre os riscos de um acidente vascular.

Beber demais (quantidades superiores a duas doses diárias de bebida alcoólica), no entanto, pode ser responsável por um aumento importante nas chances de um indivíduo sofrer um derrame cerebral

Fonte: Annals of Internal Medicine 4 January 2005 | Volume 142 Issue 1 | Pages 11-19

Bibliomed