Projeto ensina a prevenir uso de drogas nas escolas

Brasília – Os cerca de cinco mil professores da rede pública de educação básica de todo o País que fizeram o curso a distância Prevenção do uso Indevido de Drogas nas Escolas, entre 23 de agosto e 6 de dezembro do ano passado, têm prazo até o dia 17 para apresentar, aos tutores, os projetos de conclusão, que são construídos por grupos de cinco professores, de cada uma das 970 escolas que participaram da experiência-piloto.

Organizado pela Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC) e transmitido pela TV Escola, o curso foi realizado em parceria com a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), do Gabinete Institucional da Presidência da República, a Universidade de Brasília (UnB) e a Embaixada dos EUA. Com duração de 40 horas, teve como público-alvo os professores de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e do ensino médio das redes públicas municipais e estaduais.

Na avaliação da coordenadora de Educação Básica da Seed, Ângela Martins, o curso foi ?um sucesso entre professores, diretores, ONGs e a sociedade desde o começo?. Após o projeto-piloto ser avaliado pelo MEC e seus parceiros, diz, a Seed deverá oferecer um novo curso no segundo semestre deste ano. A meta é ampliar para 30 mil o número de vagas.

Fonte: Diário do Nordeste