Courtney Love recupera guarda da filha com Kurt Cobain

da Folha Online

A atriz e cantora Courtney Love recuperou a guarda de sua filha Francis, 12, que teve com o músico Kurt Cobain, morto em 1994. O juiz encarregado do caso se manifestou satisfeito “diante do esforços de Love para mudar seu estilo de vida e decidiu que o melhor tanto para a filha quanto para a mãe é que elas estejam juntas”, informou nesta sexta (14) Howard Weitzman, advogado da viúva de Cobain.

Love responde por processos na Justiça
A roqueira Courtney Love responde por processos na Justiça
A decisão do juiz ocorre 15 meses após o fim da batalha legal que teve início assim que a cantora de “América´s Sweetheart” foi presa por porte e abuso de drogas. As autoridades decidiram cortar a custódia de sua filha ao descobrirem que Love havia consumido drogas na frente de Francis.

“A vida é uma questão de oportunidades. E eu decidi seguir com minha vida de uma maneira sadia e positiva”, declarou Love em comunicado. “Me tranqüiliza o fato de eu ter minha filha comigo. agora desejo seguir com a minha carreira e criar boa música”.

Em outubro de 2003 o Departamento de Proteção a Infância foi à escola da menina e a deixou temporariamente sob a custódia da avó Wendy O´Connor, mãe Kurt Cobain. A decisão reforçou a tensão entre as duas mulheres.

Depois disso o juiz ordenou que Love mudasse de sua casa de forma que a filha pudesse viver ali sua babá sob a supervisão do padrasto de Love, Frank Rodriguez, e uma tia. A Love foram permitidas visitas restritas.

Desde esse momento a roqueira lutou para recuperar a guarda da filha e defendeu seu papel de mãe em vários programas de televisão. “Minha filha é minha prioridade número um”, disse à rede de TV ABC.

Esta não é a primeira vez que tiram a custódia de Francis, nascida em agosto de 1992. A primeira vez foi quando admitiu à revista “Vanity Fair” que havia consumido drogas durante a gravidez. A menina, que então era um bebê, voltou à guarda dos pais poucos meses depois.

A viúva do mito do rock Kurt Cobain foi acusada de ter agredido uma mulher com uma garrafa, em abril passado, na casa de seu ex-noivo, o produtor Jim Barber.

Em outubro passado, Love assumiu perante um tribunal de Manhattan ter ferido um espectador com um pé de microfone em uma boate nova-iorquina em março de 2004.

com a France Presse